Aplicação de Celtonita na Cultura de Arroz no Baixo Mondego

 Em Artigos Técnicos & Comerciais, Cereais

A Zeocel efetuou um estudo com o intuito de verificar a eficiência da aplicação de celtonita na cultura do Arroz. O ensaio de campo foi realizado na zona do Baixo Mondego.

Objetivos

– Avaliar o comportamento agronómico e a produção obtida
– Avaliar o efeito da aplicação de Celtonita na cultura do arroz

Delineamento

Na zona Testemunha (aproximadamente 10.000 m2) aplicou-se 200 kg/ha de adubo de fundo, enquanto que na zona com Celtonita (com cerca de 10.000 m2) reduziu-se a quantidade de adubo de fundo para metade (100 kg/ha) e aplicou-se 400 kg/ha de Celtonita.

Itinerário Técnico

DataOperaçãoQuantidade
19/05/2017Testemunho: Adubo de fundo 15-15-15

Ensaio: Aplicação de Celtonita + adubo de fundo

 

200kg/ha

400Kg/ha+100kg/ha

24/05/2017Sementeira Ariette180 kg/ha
18/06/2017Aplicacão de herbicida Aura0,65 l/ha
22/06/2017Aplicação de herbicida Bazagran4 l/ha

 

Afilhamento1º Adubo de cobertura Ayra 40%150 kg/ha

 

25/07/20172º Adubo de cobertura Ayra       80kg/ha
EmborrachamentoAplicação de fungicida Bim com Sticman500 g/ha

200 ml/400 l água

EspigamentoAplicação de fungicida Ortiva com Sticman1,2 l/ha

 

Resultados

Algumas características agronómicas observadas durante o ciclo da cultura:

Vigor ao nascimentoAfilhamentoEmborrachamento

(nº Dias)

Espigamento (nº Dias)Ciclo Vegetativo (nº Dias)Resistência

Acama Piriculária

Com Celtonita

Excelente

Elevado

               80

82

137

Elevada
Sem Celtonita

Bom

 Bom

86

88

       150Mediana

 

Parâmetros de produção em cada uma das modalidades avaliadas:

 

Modalidade

Produtividade à colheita (kg/Ha)Nº de Panículas por m2

Tamanho da planta (cm)

CaulePanículaTotal
Com Celtonita800010768515

 

100

 

Sem Celtonita64007236713

 

80

 

Conclusões

Em termos de produtividade obtida à colheita, na modalidade com CELTONITA, obteve-se um incremento de cerca de 20 a 25% em relação à modalidade sem CELTONITA.
Verificou-se que a modalidade com CELTONITA apresentou resultados mais satisfatórios relativamente à qualidade do arroz, no sentido em que minimizou a incidência da Piriculária.
No caso do comprimento da panícula e dos parâmetros tecnológicos (desempenho industrial e biometria), verificou-se um efeito muito positivo resultante da aplicação de CELTONITA.

No início do ciclo vegetativo da cultura, a modalidade com CELTONITA apresentava uma melhor coloração, um crescimento muito homogéneo, uma textura muito consistente e um bom desenvolvimento radicular, melhor do que na modalidade sem CELTONITA.

Verificou-se também que com aplicação de CELTONITA a cultura germinou mais cedo relativamente à modalidade com aplicação apenas do adubo químico. Em termos de comprimento da panícula, nº de panículas/m2 e comprimento da planta, os resultados com aplicação de CELTONITA foram mais satisfatórios, pois a altura da planta apresentava mais 20 cm em relação à modalidade sem CELTONITA.


ZEOCEL

tel: +351 234 092 100 | geral@zeocel.pt | www.zeocel.pt

Deixe o seu comentário

Comece a escrever e pressione "Enter" para mostrar os resultados