Produtividade e eficiência: como ajustar o pH do solo

 Em Artigos Técnicos & Comerciais, Cereais, Fruticultura, Horticultura, Pequenos Frutos, Viticultura

Ajustar o pH do solo é fundamental para a saúde das plantas. O valor do pH determina a eficicácia das plantas na absorção de nutrientes. Para alterar este valor, deve ter em atenção aos passos mais corretos a tomar e saber o que fazer.

Porque é que é tão importante ajustar o pH do solo?

Ajustar o pH do solo é fundamental para a saúde das plantas. O valor do pH determina a eficicácia as plantas absorvem nutrientes. Para alterar este valor,deve ter em atenção aos passos mais correctos a tomar e saber o que fazer.

Por essa razão, e com o objectivo de ajustar o pH do solo, pode adicionar alguns compostos comuns ao solo (será explicado em detalhe mais à frente no artigo) para aumentar ou diminuir o pH do solo. Pode também adicionar um material de calagem(cal) ou outra base para aumentar o valor do pH cas0 o seu solo estiveja muito ácido. Após uma análise local às propriedades do seu solo e posterior aplicação do produto ideal, as plantas vão certamente ficar mais saudáveis e produtivas.

1. Identificar o tipo de Solo

Antes de medir o pH do solo e usar qualquer produto para melhorar as propriedades do solo, deve determinar o tipo do terreno. Isto é, se o seu solo é compacto, seco, solto ou húmido. Antes de determinar a acidez do solo deve ter em atenção estes dois pontos fundamentais:

– É mais fácil ajustar o pH dos solos com uma boa drenagem. Em solos compactados e argilosos este processo pode ter um grau de dificuldade superior.
– Determinar o tipo de solo pode ajudá-lo a selecionar o melhor método para aplicar os melhores produtos.

2. Entender o conceito de pH do solo

Entender este conceito é fundamental e para ajustar o pH do solo é fundamental que saiba o que fazer.

O pH representa o nível de acidez ou alcalinidade de um determinado local. Os valores deste parâmetro variam numa escala de 0 a 14: tudo o que fica acima de 7 é básico, enquanto o que fica abaixo é ácido. Verifica-se ainda que a maioria das plantas desenvolve-se num intervalo de pH entre 6 e 7.5.

3. Analisar o tipo de planta cultivada

O tipo de planta vai determinar o pH ideal do solo. Muitas plantas preferem solos ácidos, como por exemplo flores e algumas árvores frutíferas. Alguns intervalos de pH ideais para diferentes tipos de plantas:

– Azaleias, mirtilos e coníferas preferem solos ácidos (pH de 5,0 a 5,5).
– Hortícolas, relva e plantas ornamentais preferem solos levemente ácido (pH de 5,8 a 6,5).

4. Medir o pH do solo

Tente medir o pH da área em que pretende cultivar através de um estojo medidor, que pode encontrar em qualquer loja de jardinagem ou então pode contratar uma empresa especializada para tal. A tarefa mais dificil neste processo é “cavar um buraco”, enchê-lo com água e inserir uma sonda nesta lama. Caso opte por enviar os resultados da amostra, os resultados obtidos serão sem dúvida mais precisos e com um maior grau de exatidão.

Aumentar o pH do solo

Escolher um material de calagem

Se medir o pH do solo e determinar que ele está ácido demais, é possível solucionar este problema adicionando uma base para aumentar o valor deste parâmetro. Para ajustar o pH (aumentar), os materiais mais usuais para este processo são compostos feitos de cal ou calcário em pó, disponíveis em qualquer lojqa de jardinagem. Existem vários tipos de cal disponíveis para venda entre elas: agrícola, hidratada, granulada ou em pasta. A melhor opção vai variar consoante a humidade e o tipo de solo que possui.

Cinzas de madeira

Este produto é básico e pode acrescentar micronutrientes como cálcio, potássio, fosfato e boro ao seu solo. A cinza de madeira não é tão eficaz como a cal, no entanto, pode aumentar bastante o pH ao longo do tempo. Tenha em atenção que e as cinzas não entrem em contacto com as mudas ou plantas pois pode danificá-las. Este tipo de material pode também ter bons resultados em solos arenosos.

Aplicação

Para obter os melhores resultados, comece a usar este material 2 a 3 meses antes da sementeira ou plantação, para que o pH tenha bastante tempo para mudar. A cal necessita chegar à zona das raízes ou cerca de 18 cm abaixo da superfície. Para aplicar a cal, considere usar uma espátula em áreas pequenas. Em solos de maiores dimensões, considere usar uma máquina de lavrar para passar o material de calagem no solo, uma vez que, como a cal não é tão solúvel em água, passá-la no solo com a máquina vai otimizar seu efeito.

Regas frequentes

A cal tem baixo impacto em solos secos, portanto, regá-lo regularmente para ativar o produto e otimizar seus efeitos pode ser uma boa solução. A frequência da rega vai depender do terreno e do grau de humidade que o solo já possui.

Diminuir o pH do solo

Materiais orgânicos

Com o tempo, materiais orgânicos tais como agulhas de pinheiro ou adubo natural ou composto podem ajudar a diminuir o pH do solo. No entanto, este processo pode demorar muito tempo pelo que só é adequado para quem tem objectivos a longo prazo. Este tipo de materiais podem ser úteis para melhorar a drenagem do solo. Infelizmente, devido à quantidade de matéria orgânica necessária, esta aplicação é mais ideal para terrenos pequenos.

Aplicação de Enxofre

Esta é outra maneira de aumentar a acidez do solo gradualmente. A eficácia da aplicação do enxofre nos solos depende de vários fatores, como humidade, temperatura e presença de bactérias. Pode comprar enxofre em em qualquer loja de jardinagem. O que se verifica na maior parte dos casos é que a acidez do solo aumenta devido a uma reação biológica que envolve bactérias.

Sulfato de alumínio

Este composto torna o solo mais ácido instantaneamente, devido a uma reação química que envolve alumínio. Infelizmente, pode ser dificil controlar os efeitos provocados pela sua aplicação rápida. Pode comprar sulfato de alumínio em qualquer loja de jardinagem. Verifica-se que vários agricultores preferem NÃO USAR sulfato de alumínio, já que o produto cria uma reação química no solo. Netes casos, optam por materiais que alteram a acidezdo solo através do uso de processos biológicos.

Lavrar os materiais do solo

Se revolver os compostos orgânicos, o enxofre ou o sulfato de alumínio pode obter resultados mais satisfatórios, apesar de poder ter que aplicar estas substâncias várias vezes. Tenha em atenção que NÃO DEVE exagerar na aplicação de enxofre ou sulfato de alumínio no solo.

Lavagem das plantas após aplicação

Se verificar que existem resíduos de enxofre ou sulfato de alumínio nas folhas, deve enxaguá-las com água, uma vez queestas podem ser alvo de queimaduras e danificar o resto da estrutura das plantas.

Por: Rosa Moreira, blog A Cientista Agrícola.

Notícias Recentes

Deixe o seu comentário

Comece a escrever e pressione "Enter" para mostrar os resultados

TRIANUM: uma solução eficaz após desinfeções de soloComo escolher o trator agrícola certo