Seca poderá levar a “escassez de produtos hortícolas no mercado”

 Em Notícias

Os produtos hortícolas podem vir a escassear, alertou a Associação Interprofissional de Horticultura do Oeste, a maior região produtora onde se estão a atrasar as culturas pela falta de chuva.

Poderá vir a registar-se uma escassez de produtos hortícolas, alertou esta quarta-feira a Associação Interprofissional de Horticultura do Oeste (AIHO), a maior região produtora do país onde os agricultores estão a atrasar as culturas pela falta de chuva.

“Este tempo seco está a atrasar as plantações das culturas hortícolas e os hortícolas podem vir a faltar no mercado”, afirmou à agência Lusa o presidente da AIHO, António Gomes, acrescentando que os viveiros “estão cheios de plantas” que não são vendidas.

O dirigente agrícola estimou que, dos cerca de cinco mil hectares de culturas ao ar livre e de estufa que nesta altura costumavam, em anos anteriores, estar ocupados com as produções de couves, tomate, alfaces, espinafres ou outras leguminosas, este ano só existem dois mil.

O setor hortofrutícola teme vir a ter elevados prejuízos, decorrentes da falta de produção no mercado nacional e da eventual quebra nas exportações.
Estima-se que mais de metade da produção nacional de hortícolas é produzida na região Oeste.

Fonte: Observador.

Foto: Rachael Gorjestani

Deixe o seu comentário

Comece a escrever e pressione "Enter" para mostrar os resultados