Áreas de tomate-indústria, girassol e batata reduzem. Cereais de inverno aumentam produtividade

 In Notícias

As previsões agrícolas do Instituto Nacional de Estatística (INE), em 31 de Maio, apontam para uma redução de 26% na área instalada de tomate para a indústria, em consequência do agravamento dos problemas fitossanitários que se registou na campanha passada, o que levou alguns produtores a não instalarem esta cultura.

Os produtores de tomate depararam-se com fortes ataques de mosca branca e de ácaros.

Acrescentam os técnicos do INE que também se observaram diminuições na área de girassol (-20%) e de batata (-5%), culturas que registaram atrasos na instalação. Em sentido contrário, a garantia das disponibilidades hídricas permitiu um aumento na área de arroz (+5%) e a manutenção da área de milho.

Cereais de Inverno com aumentos na produtividade

Quanto aos cereais de Inverno, que se encontram em plena maturação, estimam-se aumentos generalizados na produtividade (5% no centeio, 15% no trigo e aveia e 20% no triticale e cevada).

Bom ano nas fruteiras

Relativamente às fruteiras, prevê-se um bom ano para as prunóideas, que, apesar de registarem atrasos na maturação, apresentam produtividades muito acima da média dos últimos anos: na cereja o rendimento unitário deverá ficar próximo das 3 toneladas por hectare, enquanto no pêssego será de 12,8 toneladas por hectare.

Fonte: INE (via Agricultura e Mar Actual).

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

Aprovado Estatuto da Pequena Agricultura FamiliarGranizo: Ministério aconselha tratamentos a aplicar por fruticultores e viticultores