As tendências alimentares para 2020: de agricultura regenerativa a farinha de fruta

Agricultura regenerativa, novas alternativas à proteína animal e farinhas inovadoras. Estas são algumas das tendências alimentares que vão marcar 2020, de acordo com um comunicado da Whole Foods, uma cadeia norte-americana de supermercados.

Eis as previsões.

1. Agricultura regenerativa

A primeira tendência destacada pela Whole Foods é a agricultura regenerativa, isto é, “práticas agrícolas que restauram solo degradado, melhoram a biodiversidade e aumentam o sequestro de carbono para criar benefícios ambientais duradouros.”

Os agricultores, as agências governamentais, os comerciantes e académicos têm vindo a prestar cada vez mais atenção a este tipo de práticas agrícolas, segundo a empresa.

2. Farinhas inovadoras

2020 vai trazer consigo novos tipos de farinhas, garante a Whole Foods. Farinha de banana, de junça, de couve-flor, de teff (cereal originário da Etiópia) ou de diversas sementes são alguns dos exemplos apresentados.

Por detrás desta tendência está a maior procura dos consumidores por farinhas e produtos alimentares com mais proteína e fibra.

3. Para lá da soja: vêm aí mais proteínas vegetais

Outra tendência que vai marcar 2020 é o afastamento da soja por parte de algumas empresas que produzem proteínas alternativas, que vão começar a apostar noutras plantas. “Alguns dos produtos rotulados como “sem soja” vão começar a substituí-la com misturas inovadoras (como grãos e feijão mungo) para imitar a textura cremosa de iogurtes e outros laticínios.” O objetivo é tornar estes produtos menos alergénicos.

A mesma tendência já se começa a verificar nos suplementos (especialmente nas proteínas em pó), com várias marcas a substituírem a soja por sementes de cânhamo, abacate, sementes de melancia e clorela.

Leia também: 5 tendências no mercado das proteínas vegetais

4. O melhor de dois mundos: hambúrgueres mistos

Com o burburinho em volta das dietas flexitarianas (em que há uma redução do consumo de proteínas animais) e, especialmente, dos hambúrgueres vegetarianos ou feitos em laboratório, vamos começar a ver hambúrgueres mistos. Isto é: hambúrgueres que misturam carne com ingredientes vegetais, como cogumelos ou trigo, de forma a torná-los mais saudáveis e menos prejudiciais para o ambiente.

5. Formas diferentes de adoçar

Costuma adoçar o café ou os bolos com açúcar ou adoçante? Em 2020, terá muitas mais opções. Alguns adoçantes que já começam a surgir são xaropes de fruta monge, romã, coco, tâmaras, batata doce e até sorgo.

Entre as tendências para 2020 apontadas pela Whole Foods estão ainda snacks frescos, manteigas inovadoras, comida ‘gourmet’ para crianças e novas alternativas a bebidas alcoólicas.

Artigo por: Agroop

Deixe o seu comentário

Comece a escrever e pressione "Enter" para mostrar os resultados

A 5a edição das 24H AGRICULTURA SYNGENTA decorre a 4 e 5 Abril de 2020, na Escola Superior Agrária de Santarém. São esperados 150 estudantes de Portugal, Espanha, Holanda e Alemanha para competir e aprender sob o mote “Agricultura 4.0”.