Como aumentar o sucesso de um Comunicado de Imprensa

 In Marketing & Comunicação
Há 15 anos atrás, as pessoas queriam as notícias em forma de papel todas as manhãs. Hoje, a grande maioria da população lê os títulos no feed do Facebook e Twitter, ou nos websites de referência de determinadas áreas.

As pessoas têm agora o controlo sobre onde, quando e como consomem a informação. Como resultado, as relações públicas e a gestão da comunicação já não são sobre como alimentar o tradicional ciclo noticioso: prende-se agora com o fornecimento de conteúdo relevante onde, quando e como os seus potenciais clientes, influenciadores, opinion-makers, e clientes irão poder (e querer) ter acesso. Comecemos pelo princípio: O que é um Comunicado de Imprensa?

Quer se chame “press release”, “comunicado de imprensa”, “declaração institucional”, ou qualquer outro nome, referimo-nos sempre a um anúncio oficial (escrito ou gravado) que uma organização endereça aos meios de comunicação social, Agências de Comunicação e outras empresas relacionadas.
De seguida, ficam alguns conselhos para otimizar os seus comunicados de forma a que estes tenham a maior disseminação possível e conseguir obter os melhores resultados.

Tamanho

A maioria dos comunicados de imprensa são sucintos e ocupam menos do que uma, no máximo duas, páginas. Recentemente, as empresas começam a fornecer informação suficiente para que as agências de notícias possam publicar as suas próprias histórias acerca do que a empresa está a anunciar no comunicado.

Porém, num mundo onde o acesso à informação é cada vez mais imediato, onde somos inundados por notícias de forma constante, e onde o mercado sobrecarrega os profissionais, muitos jornalistas dispõem não de dias, nem de horas, mas de minutos para encontrar e organizar o conteúdo noticioso, pelo que é essencial disponibilizar a informação de forma clara, sucinta, e ter, de facto, interesse noticioso. É também muito importante disponibilizar de forma clara os contactos, quer telefone como email.

E, apesar de ser tentador escrever um comunicado que embeleza os feitos da sua empresa ou distorce os factos para fazer uma história soar mais intrigante para os media, lembre-se: os comunicados de imprensa vivem no domínio público, o que significa que os seus clientes e potenciais clientes podem vê-los. Então, em vez de olhar para o comunicado como um bilhete para obter cobertura noticiosa, deve também pensar nele como uma valiosa ferramenta de marketing de conteúdo.

Quando devo lançar um Comunicado?

Enquanto não existe uma fórmula perfeita que determine a altura ideal para o desenvolvimento e distribuição de um comunicado de imprensa, aqui ficam alguns eventos que podem justificar a elaboração de um:

– Lançamento de novo(s) produto/serviço
– Melhoria a produtores existentes
– Atribuição de um Prémio
– Abertura de novo escritório
– Estabelecimento de Pareceria
– Rebranding
– Entrada em novos mercados
– Realização de um Evento

Uma cadência regular de noticias interessantes pode ajudar uma empresa a destacar-se e fazer reconhecimento da marca ao longo do tempo.

Formato

De forma a facilitar os gestores de conteúdo a tratar e republicar a informação, envie o comunicado em formatos de edição de texto, tais como o word. O envio de informação em .pdf ou .jpeg pode ser uma sentença de morte para o seu comunicado, pois ao fazê-lo, está a dificultar o trabalho do jornalista para tratar da informação, e ele tem muita informação para tratar, organizar, produzir e rever durante um dia de trabalho, pelo que é provável que deixe o seu comunicado para o fim da lista.

Conteúdo

Coloque-se no lugar de quem vai ler e decidir se publica o seu comunicado: esta pessoa vai decidir de acordo com o grau de interesse e taxa de leitura que ela acredita que poderá ter junto dos leitores. Então, vai ter que tornar o comunicado que é relativo à sua empresa como algo de “interesse público”. É importante sair da realidade das quatro paredes do seu escritório e analisar a forma como a informação deve chegar ao público em geral.
Incluir informação nova e trabalhada, gráficos, vídeos, pode ser uma solução interessante e potenciar as partilhas nas redes sociais. O ângulo criativo pode ajudar a transportar o conteúdo e aumentar as visualizações (mas sempre dependendo, obviamente, do contexto envolvente, conteúdo e do público alvo).

Torne o título irresistível

Utilize verbos de ação, seja claro, utilize linguagem direta, e seja curto e simples – a sorte (e os motores de busca) premeiam o breve, por isso mantenha o título a uma linha para captar objetivamente a atenção do público.
E, mais importante do que tudo, torne o título interessante: não se esqueça que os jornalistas recebem dezenas, senão centenas, de comunicados diariamente, então invista tempo para escrever um título atrativo. Acredite que vale o esforço e tempo despendido.

Foco/Envio

Tente escolher as melhores alturas para enviar os seus comunicados, estude quais são as melhores horas e dias para enviar (talvez não seja boa ideia enviar comunicados à sexta à tarde ou durante o fim de semana, pois quem o receber na segunda feira vai ter um “monte” de emails, e o seu pode passar despercebido mais facilmente). Se possível, aguarde a divulgação do comunicado para uma fase onde as notícias no setor agroalimentar estejam “em baixa”: nestas alturas, os gestores de conteúdos têm mais tempo e potencial interesse na divulgação do seu comunicado!

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

Criatividade de produtor de melancia ajuda consumidor a transportar este (grande) fruto