Congresso Luso-Brasileiro de Horticultura chega em novembro a Lisboa

 In Notícias

A Associação Portuguesa de Horticultura (APH) e a Associação Brasileira de Horticultura (ABH) estão a preparar o I Congresso Luso-Brasileiro de Horticultura, que reúne pela primeira vez em Lisboa, de 1 a 4 de novembro, investigadores, técnicos e empresários dos diferentes ramos da Horticultura, a trabalhar em Portugal, no Brasil e em todos os outros países de língua oficial portuguesa (CPLP).

O Congresso Luso-Brasileiro de Horticultura (CLBHort2017) tem como tema a “Inovação ao Serviço dos Negócios”, integrando Sessões Plenárias, Mesas Redondas e E-Posters.

O Congresso aposta na “ligação entre a pesquisa e a inovação, que é o motor do desenvolvimento na Nova Horticultura, criadora de valor, baseada no conhecimento e na sustentabilidade, em que a competitividade depende cada vez mais da capacidade de inovação”, adianta a organização. Para o sucesso do Congresso Luso-Brasileiro de Horticultura, a APH conta com “o envolvimento de investigadores e parceiros empresariais envolvidos na organização deste evento, com o objetivo de criar uma plataforma de translação do conhecimento voltada para os seus utilizadores e para a fileira em geral”.

A organização espera que o CLBHort2017 seja o início de um ciclo de encontros dedicados à cooperação técnico-científica entre empresários e cientistas de língua portuguesa, utilizando as novas tecnologias de informação, com o objetivo de “melhorar o desempenho da indústria hortícola dos dois países e aumentar a sua competitividade a nível internacional”.

O Congresso abrange todas as áreas da Horticultura, entendida em sentido lato, estando previstas sessões sobre cada uma das áreas, nomeadamente a fruticultura e negócio da fruta, viticultura e negócio do vinho, olivicultura e negócio do azeite, horticultura herbácea e hortaliças e horticultura ornamental.

Plenária 1-

Horticultura de precisão em aplicações da deteção remota, robótica e inteligência artificial.

Plenária 2 –

Os novos desafios da qualidade pós-colheita.

Plenária 3-

Diversidade das variedades hortícolas – Detentores dos direitos legais da produção e comercialização das sementes.

Plenária 4-

Visão geral sobre processamento em Horticultura (Caso estudo tomate de indústria) – Situação atual e perspetivas futuras em Portugal e no Brasil

O Congresso contempla também visitas técnicas a empresas comerciais portuguesas líderes nas diversas áreas hortícolas em Portugal. A APH considera este evento como “uma oportunidade muito relevante para encontros de negócios entre lideres (“Key players”) Portugueses e Brasileiros nas diversas fileiras hortícolas, para aprofundarem os seus conhecimentos e as relações comerciais para em parceria “atacar” o mercado Global”.

Para mais informações sobre o evento e programa, clique aqui.

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

Comissão Europeia cria Plataforma para o Bem-Estar Animal