DGAV cancela autorização de venda de herbicidas com substância ativa diquato

 In Notícias

A DGAV – Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária vai proceder ao cancelamento das autorizações de venda de produtos fitofarmacêuticos contendo a substância ativa diquato, não podendo estes herbicidas ser utilizados após 4 de fevereiro de 2020.

Esta decisão ocorre na sequência da publicação do Regulamento (UE) 2018/1532 da Comissão Europeia de 12 de Outubro de 2018 relativo à não renovação da aprovação da substância ativa diquato.

O herbicida diquato é largamente utilizado como dessecante da rama da batata, mas também na oliveira e videira.

Risco elevado para os trabalhadores e aves

Na base da decisão comunitária foi comunicado que não foi possível excluir um risco elevado para os trabalhadores, as pessoas que se encontram nas proximidades e os residentes, em resultado da aplicação de produtos fitofarmacêuticos contendo aquela substância ativa. Além disso, identificou-se um elevado risco para as aves.

O Regulamento da Comissão Europeia entra em vigor no dia 4 de Novembro de 2018.

Fonte: revista Agricultura e Mar Actual.

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

Tempestade Leslie: Ministério da Agricultura faz levantamento de prejuízosVinho: valor das exportações deverá ultrapassar os €800 milhões