O mercado mundial de drones agrícolas vai crescer 20 vezes até 2024

 In Notícias

O mercado de veículos aéreos não tripulados agrícolas poderá registar um forte crescimento até 2024, passando de 193.4 milhões de dólares em 2015, para 3.770 milhões em 2024 (19,5 vezes mais), segundo um estudo recente publicado pela consultora Grand View Research, com sede em São Francisco, EUA.

O crescente avanço tecnológico no equipamento e o cada vez maior interesse na melhoria das técnicas e automação agrícola têm levado à penetração de drones agrícolas no mercado mundial.

Segundo a consultora norte-americana, este crescimento irá dever-se a vários fatores, entre eles o aumento da mecanização no processo agrícola devido à crise de trabalho mundial, à falta de agricultores com conhecimento técnico, ou à idade avançada, deverão ter um impacto positivo no crescimento deste mercado. Outra mudança favorável será a previsível alteração na regulamentação, que deverá permitir às empresas operar em explorações agrícolas de pequena ou grande escala e ajudar na gestão de pragas e fertirrega.

Inovações no mapeamento via GPS, juntamente com os avanços nas técnicas de agricultura de precisão, deverão propagar o crescimento da indústria. Para aém disso, a empresa destaca também o facto de as empresas de investimento e capital de risco estarem a efetuar investimentos crescentes em fabricantes de drones agrícolas.

Porém, a chave para o crescimento é o desenvolvimento tecnológico e a capacidade dos sistemas que irão surgir: fornecimento de água, fertilizantes, agroquímicos, mapeamento, deteção de pragas ou doenças, economização de tempo; permitindo aos agricultores melhorar a rentabilidade.

Ainda segundo a consultora, os drones para vigia e mapeamento das culturas serão os mais vendidos na próxima década, registando-se um crescimento significativo de equipamentos para pulverização.
As principais empresas no Mercado mundial de drones agrícolas são a DJI Technology, Trimble Navigation Ltd., PrecisionHawk, Parrot SA e a 3D Robotics.

Ler aqui.

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

Grupo Heineken compra 1.900 bares no Reino UnidoIFAP pagou 1,7 mil milhões de euros a agricultores em 2016