Previsões Agrícolas: bom ano para as fruteiras

 In Notícias

As previsões agrícolas do Instituto Nacional de Estatística (INE) para 2017, no final de maio de 2017, apontam para “um bom ano nas fruteiras” e aumentos da área cultivada de batata de regadio e tomate para indústria. Em contrapartida, são esperadas diminuições nos cereais de Outono/Inverno, segundo o boletim de Estatísticas Agrícolas publicado a 20 de julho pelo INE.

É assim esperado “um bom ano nas fruteiras, estimando-se um considerável aumento da produtividade da cereja face à campanha passada (a pior da última década), devendo ultrapassar as 3 t/ha. No pêssego também são esperados aumentos nos rendimentos unitários (+15%)”, revelam os analistas do INE.
Em contrapartida, nos cereais de Outono/Inverno, e devido às elevadas temperaturas e falta de humidade do solo nas fases de floração e início de formação do grão, as previsões agrícolas apontam para decréscimos generalizados das produtividades.

Culturas de Primavera/Verão

Para as culturas de Primavera/Verão, excetuando a batata de regadio (que deverá aumentar a área plantada em cerca de mil hectares) e o tomate para a indústria (com sensivelmente a mesma área contratada da campanha passada), observam-se diminuições nas áreas, nomeadamente no milho (-5%, resultado da manutenção dos baixos preços de mercado e da menor disponibilidade de água de rega), no arroz (-5%, também devido aos baixos níveis de armazenamento de água nas albufeiras) e no girassol (-10%).

Fonte: INE (via Agricultura e Mar Actual).

Foto: Jakub Kapusnak.

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

PDR 2020 tem novo plano previsional de abertura de candidaturasRegião dos Vinhos Verdes aumenta produção em 15%