Sirane desenvolve ´saco com sabor´ pronto a cozinhar

 In Artigos Técnicos & Comerciais, Indústria Alimentar

Um saco para cozinhar no forno, que utiliza ervas e especiarias para temperar a comida é o mais recente produto da Sirane, multinacional de origem britânica conhecida pelas inovações na indústria do embalamento.

A Sirane, no âmbito da participação na Packaging Innovations 2017, lançou uma nova campanha, com o objetivo de mostrar as novas soluções de sacos para cozinhar da empresa, e que estarão em foco no stand da Sirane nesta feira, cuja edição deste ano terá lugar em Birmingham.
A principal inovação apresentada foi uma mistura de faia seca com ervas e especiarias, que são colocadas numa saqueta abaixo da camada de silicone do saco.

A empresa dispõe já de uma grande variedade de soluções de sacos de cozinha e “o passo seguinte foi encontrar uma forma de tornar os sacos ainda mais inovadores e acrescentar valor ao mercado. Esta é uma ideia bastante simples, mas que transforma um saco de cozinhar num saco de sabores”, afirma Simon Balderson, Diretor Geral da Sirane MD, acrescentando que “esta é uma solução muito versátil, mais direcionada aos retalhistas, pois pode ser utilizada ao balcão com alimentos frescos, fornecido e enviado para a loja já com a saqueta de temperos incluída, ou até utilizado como parte de um kit de refeição para o consumidor utilizar ao seu gosto.”

Várias Aplicações

O saco Sira-Cook Supreme é “simples de utilizar, cozinhando na perfeição”, adianta Simon. Outra particularidade reside no facto de que este saco pode ser aplicado em praticamente todos os ambientes de cozedura, como forno, grelha ou churrasco. A saqueta que inclui as ervas e especiarias é colocada abaixo da camada antiaderente perfurada, permitindo a integração dos sabores enquanto o alimento é cozinhado.

“O Sira-Cook Supreme tem várias utilizações possíveis, mas a sua utilização como um ´saco com sabor´poderá ajudar efetivamente os retalhistas a oferecer um produto diferenciado e verdadeiramente inovador.”
O saco é constituído por um material capaz de suportar calor direto significativo, permitindo a sua aplicação em diferentes ambientes de cozinha. “A comida retém os sucos e sabores, sendo um produto ótimo para carne, aves e mariscos.”

“Para o consumidor final, é uma refeição pronta, sem desarrumação, cheiros ou necessidade de manusear os alimentos. O saco pode realmente acrescentar valor às vendas de alimentos no retalho”, acrescenta o Diretor Geral da Sirane.

Vários tamanhos e formatos

O saco está disponível em vários tamanhos, formatos e receitas: “temos já algumas receitas de sucesso incluídas na oferta, mas existe a possibilidade de criar sabores à medida para clientes individuais.
O Sira-Cook Supreme pode ser selado a quente ou fornecido com auto-selagem trazendo, também, um mecanismo de abertura, permitindo retirar o topo depois do saco ser aquecido. Os sacos podem ser fornecidos em formato FPS – dobrado, embalado e selado – indicada para utilização em kits de refeição e como parte de refeições prontas.

Para Jeremy Haydn-Davies, Diretor de Vendas de Embalagens Alimentares, “a opção de cozinhar em vários ambientes, como o forno ou churrasco, significa que estes produtos não são confinados ao clima inglês.” A Sirane tem seis combinações de sabor desenvolvidas: cebola, mostarda e especiarias; alecrim, zimbro e especiarias; alho, gengibre e especiarias; mostarda, manjericão doce & especiarias; Louro, cebola e especiarias; e zimbro, cone de pinho e especiarias. No entanto, “outras combinações de sabor podem ser desenvolvidas”, adianta Jeremy

Além de sacos para churrasco / forno, a Sirane fabrica uma vasta gama de outros sacos de cozinhar, incluindo sacos de cozedura a vapor para forno/microondas (incluindo uma nova versão stand-up), sacos de assar em nylon e sacos de vácuo, e mesmo sacos com vários compartimentos.

Para mais informações:
David Silva, Representante da Sirane em Portugal – david.silva70@sapo.pt | +351 966 062 562

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

Jornadas “Tomate Indústria Syngenta” apresentaram novas soluções para proteção da culturaComercialização de Plantas Aromáticas e Medicinais