Tratores: condutores com formação obrigatória dentro de dois anos

 Em Notícias

A partir de Fevereiro de 2021, os condutores de veículos agrícolas terão que se submeter a formação obrigatória específica, não bastando carta de condução ou licença, revela o Despacho nº 1819/2019 publicado em Diário da República e que define os conteúdos e quem ministra essa formação.

Esta medida pretende prevenir acidentes com máquinas agrícolas, aplicando-se aos condutores habilitados com cartas de condução da categoria B que conduzam tratores da categoria II, e das categorias C e D, que pretendam conduzir veículos agrícolas das categorias II e III.

O despacho define que os condutores devem realizar a ação de formação obrigatória “Conduzir e operar com o trator em segurança”, de 35 horas, ou a formação de curta duração “Condução e operação com o trator em segurança” de 50 horas.

Cinco mortos por mês em 2017

Os acidentes com tratores agrícolas provocaram, em média, cinco mortes por mês em 2017, segundo um balanço da CONFAGRI -Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal. Na estatística da sinistralidade com tratores na União Europeia, Portugal ocupa o terceiro lugar, a seguir à Grécia e à Polónia, contabilizando 123 vítimas mortais de acidentes com tratores agrícolas entre 2015 e 2016.

Esta é a principal causa de morte no trabalho agrícola a nível nacional, registando-se, segundo dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, 68 vítimas mortais em 2016 e 55 em 2015.

Fonte: revista FLF.

Notícias Recentes

Deixe o seu comentário

Comece a escrever e pressione "Enter" para mostrar os resultados

DGAV confirma novos focos de Xylella fastidiosa