V Colóquio Nacional de Pequenos Frutos reúne setor em Oeiras

 In Notícias

Falta menos de um mês para a realização do V Colóquio Nacional da Produção de Pequenos Frutos, um evento que vai juntar produtores, investigadores e outros profissionais do setor. O programa, que já se encontra encerrado, vai reunir mais comunicações do que nas edições anteriores.

Serão realizadas 25 comunicações orais, contando-se entre elas sete por convite. A sessão de painéis conta com 36 comunicações repartidas pelos cinco temas do Colóquio.

As apresentações convidadas são da responsabilidade de investigadores/professores de renome, nacionais e estrangeiros, que irão desenvolver temas tão diversos como a produção de morango no sistema “tray” e a fertirrega na produção de framboesas “long-cane” em substrato. Na sessão Sanidade Vegetal serão apresentadas perspetivas de controlo da praga Drosophila suzukii e da doença Phytophthora em framboesas.

No tema Qualidade e Benefícios para a Saúde irão ocorrer duas comunicações, em que serão apresentadas recomendações para a qualidade na cadeia de abastecimento e a caracterização da atividade biológica da framboesa tendo como objetivo o desenvolvimento de uma alegação de saúde.

No dia 15 de outubro decorrerá a sessão sobre a organização da produção e comercialização que conta com uma comunicação por convite sobre estratégias de internacionalização, instrumentos bilaterais e política comercial, e a plataforma GlobalAgrimar.

O colóquio termina com uma mesa redonda com sete empresas relevantes no panorama nacional e europeu, em que haverá oportunidade de discutir temas como a melhoria da produção nacional e uma melhor integração nos mercados.

Em simultâneo com os trabalhos do V Colóquio Nacional da Produção de Pequenos Frutos, irá decorrer uma exposição e venda de produtos derivados do fruto transformado. Estarão presentes uma dezena de expositores, entre empresas de transformação e produtores de pequenos frutos, que irão mostrar as inúmeras potencialidades que o fruto transformado oferece.

Compotas, geleias, marmeladas, licores, infusões, fruto desidratado, sabões, sumos, gelados, laticínios, pastelaria e néctares, provenientes da produção de fruto em modo convencional e biológico, são algumas propostas que podem representar uma mais-valia através da transformação dos pequenos frutos e que poderá descobrir durante o colóquio nas instalações do INIAV em Oeiras.

O colóquio termina com uma visita técnica a duas explorações de pequenos frutos na região das Caldas da Rainha e de Almeirim em que os participantes no colóquio terão oportunidade de trocar experiências e verificar as melhores técnicas de produção de morango, framboesa e mirtilo.

Para mais informações e inscrição no Colóquio: http://www.aphorticultura.pt/vcnppf.html

Comments
  • José Pinto de Castelo Branco

    Bom dia,

    Não podendo estar presente no V Colóquio Nacional da produção de pequenos frutos, gostaria se possível, receber informação das comunicações de sanidade vegetal no que diz respeito às perspectivas de controlo da praga Drosophila suzukii.

    Com os melhores cumprimentos,
    JCB

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

Setor vitivinícola com menos cooperativas, mas mais competitivasBayer pondera acabar com a marca Monsanto